Pós-graduação em
Fisioterapia em UTI Neonatal, Pediátrica e Saúde Materna

Veja preços e condições de investimento:
  • Desenvolvimento pré-natal: período de divisão celular, embrionário e fetal. Sequência temporal do desenvolvimento humano da 1ª a 38ª semanas. Crescimento e ganho de peso no período fetal. Formação do sistema respiratório. Formação das cavidades pleurais. Anomalias congênitas nas vias aéreas inferiores. Desenvolvimento do diafragma e músculos respiratórios. Formação do palato.

    Doenças pulmonares obstrutivas: bronquiolite e asma. Doenças pulmonares restritivas: fibrose cística, atelectasia e SDRA. Doenças específicas do período neonatal: taquipnéia transitória do recém-nascido, apnéia da prematuridade, displasia broncopulmonar, síndrome de escape de ar, síndrome da aspiração do mecônio, refluxo gastroesofágico, asfixia peri-natal, hipertensão pulmonar, síndrome do desconforto respiratório; Doenças supurativas do pulmão; Doenças do mediastino e pleura e Pneumonias.

    Definições / conceitos. Principais processos infecciosos e suas precauções padrões. Classificação das áreas, artigos e meios. Processamento de artigos e superfícies. Controle de materiais. Descarte de material contaminado. Epidemiologia, Prevenção e Controle de Infecção na UTI. Atividade laboratorial.

    Introdução à farmácia clínica: panorama histórico, definição, importância, serviços farmacêuticos clínicos, fontes de informação para a prática clínica. Principais enfermidades na neonatologia/pediatria e suas terapias farmacológicas: apneia da prematuridade, convulsão neonatal, displasia broncopulmonar, síndrome do desconforto respiratório, hipertensão pulmonar, cardiopatias, choque/sepse neonatal, doenças infecciosas do trato respiratório alto e baixo, asma, vômitos e diarreia, infecção urinária, síndromes. Características que interferem na terapia medicamentosa dos neonatos e crianças. Eventos adversos a medicamentos em neonatos e crianças.

    Semiologia geral cardiorrespiratória e neurofuncional do neonato e criança admitidos no pronto-socorro e internados em Unidade de Terapia Intensiva e enfermaria. O pós-graduando será capaz de identificar e interpretar os resultados fornecidos por escalas de avaliação de desenvolvimento neuromotor em Unidades de Cuidados Neonatais e por escalas de funcionalidade em crianças internadas em UTI pediátrica.

    Bases fisiológicas dos exames de imagem, exames normais de tórax e técnicas, aspectos radiológicos das pneumonias/ pneumonias aspirativas, pneumotórax, enfisema subcutâneo, pnemomediastino, derrames pleurais, paquipleuris, abcessos, tuberculose, pneumatoceles, tumores intratorácicos, SDRA, edema pulmonar, atelectasia, displasia broncopulmonar, hipertensão pulmonar, avaliação da movimentação diafragmática, fraturas de arcos costais, tipos de infiltrados (nodular, intersticial), asma, fibrose cística. Exames bioquímicos (Cálcio, Fósforo, Potássio, Sódio, Magnésio) Exames laboratoriais (hemograma, PCR, cultura de secreções, coagulograma, função hepática e função renal).

    Avaliação, diagnóstico, abordagem fisioterapêutica e monitorização cardiorrespiratória do neonato e da criança em UTI de alto risco.  Avaliação e monitorização cardiorrespiratória do paciente neonatal e pediátrico sob ventilação pulmonar mecânica. O aluno será capaz de avaliar e a interpretar a mecânica pulmonar e os gráficos de ventilação mecânica invasiva, bem como a interação paciente-ventilador e a monitorização do equilíbrio ácido básico.

    Ventilação mecânica e suporte ventilatório invasivo em Neonato e Pedrátrico. Fração inspirada de oxigênio (FiO2). Pressão positiva ao final da expiração. Alto fluxo. Ventilação Oscilatória de Alta. Freqüência (VOAF). Posição prona. Óxido Nítrico Inalatório. Surfactante.

    Avaliação em Fisioterapia respiratória. Manobras Respiratórias Convencionais. Manobras Respiratórias. Recursos terapêuticos para Fisioterapia Respiratória. Reabilitação pulmonar. Atendimento respiratório em situações especiais. Técnicas para treinamento muscular respiratório. Transporte do Paciente Grave Aéreo e Terrestre.

    Desenvolvimento Motor. Reflexos no primeiro ano de vida - como avaliar e testar os reflexos em cada idade: Reflexos primitivos, reflexos superficiais, reflexos musculares profundos. Distúrbios motores: postura, habilidades motoras finas e grossas, coordenação e equilíbrio, reflexos, hipertonia e hipotonia. Técnicas e recursos em Fisioterapia motora. Sistemas sensoriais (tátil, vestibular, cinestésico, propioceptivo e visual). Tecnologia Assistiva.

    Avaliação Motora. Escalas de Desenvolvimento. Patologia Osteomusculares na Infância e Abordagens da Fisioterapia (Torcicolo Congênito, Luxação de Quadril, Deformidades da Coluna Vertebral, Pé Torto). Lesões Encefálicas Congênitas e Adquiridas na Infância. Definição, Avaliação e Tratamento. Paralisia Cerebral e Mielomeningocele, TCE e Síndromes Genéticas.

    Processo de desenvolvimento embrionário dos sistemas sensoriais. Importância da intervenção terapêutica em recém-nascidos de alto risco. Efeito da prematuridade na formação dos sistemas sensoriais. Critérios para a escolha adequada da estimulação em neonatos. Principais estímulos sensoriais, auditivos, cinestésicos, táteis e vestibulares utilizados nas unidades críticas e intermediárias.

    Fisiopatologia dos principais comprometimentos cardíacos. Identificar e avaliar a criança portadora de cardiopatia congênita. Fatores de risco e complicações deste tipo de cirurgia. Particularidades do pré e pós-operatório para discutir o tratamento fisioterapêutico e o gerenciamento do suporte ventilatório mais adequados para as diversas situações clínicas. Acompanhamento da criança no pós-operatório em enfermaria.

    Gestação. Pré-parto, parto e pós-parto. Puerpério. Amamentação. Incontinência Urinária. Dor pélvica.

    Fisiopatologia dos comprometimentos neurológicos mais comuns entre crianças. Avaliação e identificação dos pacientes mais suscetíveis a desenvolver fraqueza muscular na UTI pediátrica. Tratamento fisioterapêutico mais adequado para cada caso. Abordagem da mobilização precoce e posicionamento para estes pacientes.

    Discussão de práticas para tornar a fisioterapia mais agradável nas UTIs Neonatal e Pediátrica. Discussão de como desenvolver estratégias criativas a serem inseridas no atendimento fisioterapêutico nestas UTIs. Relação fisioterapia x pais x pacientes. Oficina de práticas: toque terapêutico, Shantala, Reiki, ofurô, musicoterapia, massoterapia e redeterapia.

    Qualidade de vida. O que é viver para mim? Felicidade, como? É possível? Relações entre autoconhecimento e felicidade.  O processo de introspecção como recurso à autossugestão.  A condição em se oportunizar para o exame e análise de todas as variáveis da vida. A complexidade, diversidade e incompletude humana, como lidar com essas características?  A prerrogativa da interdependência, porque precisamos do outro, qual a parcela do outro em nosso processo de autoconstrução.  Ambiências geradoras de felicidade.  A lei do triunfo como instrumento direcionador à felicidade e a plenitude humana.

  • Prof. Dra. Lilian Assunção Felippe

    Fisioterapeuta pela Universidade de Grande Dourados - UNIGRAN. Especialista em Fisioterapia Intensiva pela Faculdade Estácio de Sá, Mestra e Doutora na linha de pesquisa respostas ao exercício e saúde humana pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul pelo Programa de Pós-graduação Saúde e Desenvolvimento da região Centro-Oeste. Iniciou a docência em 2014 como professor substituto do curso de Fisioterapia e no Programa de Residência Multiprofissional em saúde, área de Concentração em Atenção ao Paciente Crítico na UFMS. Docente dos cursos de Fisioterapia, Enfermagem e da Especialização em Fisioterapia Intensiva da Faculdade Estácio de Sá. Realizou Doutorado Sanduíche no Exterior concedido pela Fundação CAPES na Universitat de València - Espanha. Foi docente e membro da Comissão de Avaliação do curso de Medicina da Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul. Atualmente docente no Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande e da UNIDERP. 

  • Com os avanços tecnológicos, principalmente quando se trata de suporte ventilatório, a sobrevida desses recém-nascidos vêm aumentando, porém com comprimetimentos motores, sensoriais e cognitivos graves. A prematuridade tem sido, há anos, um grande desafio no atendimento em neonatologia, afetando o desenvolvimento e crescimento dos bebês, fazendo com que esses bebês manifestem deficiências na área em que começaria a assumir funções normais à idade. Com isso, há um aumento do número de crianças com comorbidades neurológicos e cardiorrespiratórias graves.

    O Curso de Pós Graduação Lato Sensu de Fisioterapia em UTI Neonatal, Pediatrica e Saúde Materna irá  qualificar os profissionais a prestar atendimento a neonatos, crianças e também as mães que desenvolveram algum tipo de doença ou comprometimento durante a gestação ou trabalho de parto, contibuindo assim, com a diminuição do tempo de internação dos pacientes de alto risco, prevenir e corrigir possíveis doenças e deformidades que podem surgir com o passar do tempo, além das complicações que podem atingir as gestantes e puérperas. Dentre os tópicos que serão abordados temos as técnicas respiratórias, motoras, cardiovasculares, entre outras, e equipamentos manuais e mecânicos para auxiliar os pacientes na área de neonatologia e pediatria.

    No final da pós-graduação o aluno deverá cumprir uma carga horária de 50 horas de estágio, sendo que estas serão divididas em 30h em saúde materna e 20h na UTI Neonatal. Ambos os estágios realizados na Maternidade Cândido Mariano. Todas as aulas práticas serão realizadas no hospital Regional do Mato Grosso do Sul.

  • Considerando as transformações sociais e, a busca pela performance plena dos estudantes, incluindo o desenvolvimento dos mesmos em suas habilidades cognitivas, sociais e emocionais, a Faculdade NOVOESTE,  proporciona uma metodologia onde o percurso de aprendizagem de cada estudante é marcado por um espaço privilegiado para a troca de ideias, em que as situações práticas são vivenciadas e, retroalimentadas pelas teorias que estão sendo estudadas no decorrer da Pós-Graduação.

    Neste processo, o pós-graduando torna-se protagonista de sua aprendizagem e, exerce um papel ativo e atuante na sua trajetória de estudos. Para tanto, os docentes da Faculdade NOVOESTE, planejam as disciplinas de cada curso de modo a oportunizar aos estudantes a leitura e estudo prévio de diferentes materiais para o momento das aulas, possibilitando assim que os alunos criem o hábito do autoestudo e possam desenvolver sua autonomia intelectual.

    Por meio dessa metodologia de ensino, possibilitamos que o estudante da Faculdade NOVOESTE seja ativo e atuante, e não apenas ouvinte do docente no momento das aulas. Neste contexto, a aprendizagem se efetiva de forma colaborativa e construtiva entre todos os envolvidos no processo de ensino e aprendizagem.

  • • Instituição Credenciada ao Ministério da Educação, sob a Portaria nº 1.063, em 05 de Setembro de 2017. Clique aqui para abrir no E-MEC.

    • Será considerado  aprovado o estudante que obter em cada disciplina do curso nota superior ou igual a 7 (sete) e a frequência mínima em cada disciplina de 75% (setenta e cinco por cento).

    • A Faculdade NOVOESTE  expedirá, ao final do curso, certificado de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de especialização, aos estudantes que concluírem a todos os critérios de aprovação estabelecidos no regulamento do curso.

  • OBJETIVOS DO CURSO

    - O Curso de Pós Graduação Lato Sensu de Fisioterapia em UTI Neonatal, Pediatrica  e Saúde Materna tem por objetivo geral fornecer conceitos e conhecimentos fundamentais sobre a atuação fisioterapêutica nesta especialidade.
    - Este curso vem proporcionar ao especializando a oportunidade de realizar a prática assistida hospitalar e ambulatorial, concomitante às disciplinas propostas a cada módulo possibilitando assim identificar nestas especialidades as competências atribuídas ao fisioterapeuta face aos conhecimentos adquiridos durante o curso.
    - Construir uma visão global e crítica no planejamento do tratamento do paciente nas diferentes fases de evolução clínica.
    - Relacionar, de forma prática, a monitorização da mecânica respiratória e exames complementares para auxiliar na decisão do tratamento fisioterapêutico.
    - Estruturar planos de tratamento fisioterapêutico e multiprofissional para pacientes de diversas patologias e condições clínicas, no período neonatal e pediátrico.

    PÚBLICO-ALVO

    Fisioterapeutas.

     

Corpo Docente

DEPOIMENTOS DE NOSSOS ESPECIALISTAS

APROVEITE AS VANTAGENS E COMECE A ESTUDAR AGORA!
Metodologia Alto Nível e Portal do Aluno
Metodologia diferenciada e acesso a materiais das aulas, notas e ferramentas através do sistema.
Corpo Docente Qualificado e Reconhecido no mercado.
Estude com os melhores coordenadores, professores e profissionais renomados nacionalmente.
Estude com a melhor Infraestrutura para o melhor rendimento
Salas de aula amplas, biblioteca, laboratório de informática, lanchonete e total acessibilidade, no centro de Campo Grande.
Veja preços e condições de investimento:

Cursos relacionados confira abaixo os outros cursos de pós-graduação

Erro ao enviar o e-mail
Email Enviado Com Sucesso!
Nós ligamos para você!
Erro ao enviar o e-mail
Email Enviado Com Sucesso!
Avise-me sobre lançamentos de cursos