Pós-graduação em
Urgências e Emergências Médicas

Veja preços e condições de investimento:
  • - História das políticas e legislação de saúde no Brasil
    - Métodos epidemiológicos
    - Indicadores de qualidade em urgência e emergência
    - Modelo de atenção à saúde em Urgência e Emergência
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

    - A pesquisa Bibliográfica
    - A leitura e análise de um artigo científico na área da saúde.
    - Pesquisas em seres humanos e em animais de Experimentação.
    - Etapas de uma pesquisa científica
    - Técnicas de ensino para adultos
    - Delineamento da pesquisa e redação do Trabalho de conclusão do curso
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

     

    - Sistematização da assistência e Gerenciamento da Unidade de Urgência e emergência
    - Urgência e Emergência: Organização dos Sistemas de Saúde.Atendimento nas Redes de Saúde.
    - Atendimento Pré-hospitalar
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

     

    - Atendimento Inicial do Paciente Traumatizado (ATLS)
    - Biomecânica e Cinemática do Trauma
    - Assistência no Trauma Cranioencefálico e Trauma Raquimedular
    - Assistência em Trauma Torácico
    - Trauma musculo-esqulético/técnicas de imobilização
    - Trauma abdominal
    - Trauma na criança e no idoso
    - Intoxicação Exógena e Acidentes por Animais Peçonhentos, Agentes Físicos e Químicos 
    - Atendimento inicial a Queimados 
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

     

    - Assistência Básica na Emergência Cardiovascular (BLS)
    - Atendimento ao portador de Insuficiência cardíaca e hipertensão arterial sistêmica
    - Dor torácica
    - Ressuscitação cardiopulmonar (ACLS)
    - Ventilação mecânica (Invasiva e Não-Invasiva
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

     

    - Avaliação Incial do Paciente Grave
    - Sedação e analgesia no Pronto-Socorro
    - Choque
    - Curso de Sepse e Abordagem inicial
    - Via Aérea
    - Insuficiência Respiratória Aguda
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

     

    - Emergências Cirúrgicas não traumáticas
    - Emergências Oftalmológicas e Otoriinolaringológicas
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

     

    - Emergências Respiratórias
    - Emergências Neurológicas e Infectologia
    - Assistência nas Urgência e Emergências Pediátricas (PALS)
    - Assistência de emergência em neonatologia
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

     

    - Emergência em Obstetrícia /Ginecologia
    - Assistência nas Urgências e Emergências Psiquiátricas
    - Disfunções Hematológicas e Coagulopatias
    - Equílibrio Hidro-Eletrolítico e Insuficiência Renal Aguda
    - Emergência em Endocrinologia
    - Discussão, elaboração e orientação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

     

    - Elaboração, discussão e redação do trabalho de conclusão de curso (TCC)

  • Coordenação Geral: Dr. Bruno Silva
    Coordenação Auxiliar: Dr. Thiago Rosa

    Parceria:

  • Emergências médicas sejam clínicas ou traumáticas, são situações que oferecem risco iminente à vida. A sobrevivência dos pacientes e/ou a minimização das seqüelas decorrentes destes agravos à saúde dependem da adequada atuação de uma equipe, com treinamento específico, passando, necessariamente, pelo reconhecimento precoce dessas situações, seguido da adoção de medidas propedêuticas e terapêuticas precisas e essenciais.

    As emergências médicas compõem uma das áreas de atuação médica que necessita de profissionais capacitados para atender a grande demanda da população que procura os serviços de emergência, sendo este um dos setores mais problemáticos da formação médica e do Sistema de Saúde do Brasil.

    A sociedade brasileira contemporânea passa por profundas modificações estruturais, situação que gera a necessidade de que as organizações médicas assumam a posição de liderança delas esperada.

    O atendimento às urgências e emergências é uma destas demandas educacionais e carece, até o momento, de um projeto genuíno organizado e balizado por conhecimento médico técnico-científico, contemplando adequadamente a realidade da organização do sistema de saúde brasileiro.

    A organização dos sistemas de atendimento as urgências e emergências ocorre hoje de forma fragmentada, com iniciativas de sucesso em diversas regiões do território nacional. No entanto pelo seu caráter regionalizado e focado em uma determinada área assistencial, acabam por não contemplar uma visão macroestrutural do problema. É necessário preparar o médico nos diferentes níveis de atenção, adquirindo competências para o atendimento, que atue alinhado com as leis, portarias e diretrizes do sistema de saúde nacional e compreenda o seu papel além das fronteiras assistenciais.   

    A Medicina de Emergência é a prática da medicina que abrange o diagnóstico e tratamento de qualquer paciente que necessite cuidados diante de uma situação imprevista de uma doença aguda ou lesão que necessite de atendimento imediato. A razão da existência da Medicina de Emergência é a necessidade  do atendimento inicial adequado, limitar a morbidade e a mortalidade nestes pacientes. A sua prática abrange desde  os cuidados pré-hospitalares até o atendimento hospitalar ,requerendo conhecimentos de várias especialidades.

    A prática da Medicina de Emergência envolve conhecimento e reconhecimento adequados de lesões e doenças agudas, com ou sem risco de vida, seguidas de imediato tratamento e estabilização. Ela permite solicitar consultorias adequadas, encaminhar,ou liberar o paciente com critérios e cuidados bem estabelecidos.

    Para o paciente, a especialização em Medicina de Emergência gera um impacto positivo ao possibilitar uma abordagem mais ampla de seus problemas e propiciar o atendimento por um profissional comprometido a essa área de atuação. Sendo atendido por um profissional com formação no atendimento de emergência em diversas áreas o paciente obterá o atendimento inicial qualificado.

    Para o médico, o treinamento em Medicina de Emergência acarretará uma maior habilidade e segurança na execução de procedimentos, tomada adequada e rápida de decisões, aumento da auto-estima e menor possibilidade de processos ético-legais. 

    Os Serviços de Emergência também serão beneficiados com a presença de um profissional dedicado a esta área, mesmo que de especialidade médica diversa,disposto a melhorar seu ambiente e participar das decisões do sistema.

    Atualmente a área da emergência é uma porta de entrada não só para os pacientes mas também para os profissionais médicos, muitas vezes interessados em migrar para outras áreas do sistema, acarretando pouca dedicação e comprometimento. A presença de profissionais dedicados a esta área de atuação poderá utilizar diretrizes mais atualizadas, obtendo melhores resultados, maior agilidade nos fluxos, padronização dos cuidados e processos. 

    O Sistema de Saúde se beneficia com o treinamento em Medicina de Emergência principalmente com a formação de um profissional com conhecimento adequado das principais áreas básicas da medicina. Esse poderá realizar atendimentos das patologias das diversas especialidades e garantir o referenciamento adequado quando necessário. 

    Em nosso país, existe uma carência de profissionais capacitados e com a visão necessária à abordagem deste grave problema que enfrenta o nosso Sistema de Saúde. A estruturação-organização e a assistência de qualidade aos casos de urgência realizando um atendimento qualificado podem evitar milhares de mortes, seqüelas, gastos financeiros e minimizar o sofrimento da população. A preparação adequada e a especialização dos médicos, sem dúvida é uma medida fundamental neste sentido.

  • Considerando as transformações sociais e, a busca pela performance plena dos estudantes, incluindo o desenvolvimento dos mesmos em suas habilidades cognitivas, sociais e emocionais, a Faculdade NOVOESTE,  proporciona uma metodologia onde o percurso de aprendizagem de cada estudante é marcado por um espaço privilegiado para a troca de ideias, em que as situações práticas são vivenciadas e, retroalimentadas pelas teorias que estão sendo estudadas no decorrer da Pós-Graduação.

    Neste processo, o pós-graduando torna-se protagonista de sua aprendizagem e, exerce um papel ativo e atuante na sua trajetória de estudos. Para tanto, os docentes da Faculdade NOVOESTE, planejam as disciplinas de cada curso de modo a oportunizar aos estudantes a leitura e estudo prévio de diferentes materiais para o momento das aulas, possibilitando assim que os alunos criem o hábito do autoestudo e possam desenvolver sua autonomia intelectual.

    Por meio dessa metodologia de ensino, possibilitamos que o estudante da Faculdade NOVOESTE seja ativo e atuante, e não apenas ouvinte do docente no momento das aulas. Neste contexto, a aprendizagem se efetiva de forma colaborativa e construtiva entre todos os envolvidos no processo de ensino e aprendizagem.

  • • Instituição Credenciada ao Ministério da Educação, sob a Portaria nº 1.063, em 05 de Setembro de 2017. Clique aqui para abrir no E-MEC.

    • Será considerado  aprovado o estudante que obter em cada disciplina do curso nota superior ou igual a 7 (sete) e a frequência mínima em cada disciplina de 75% (setenta e cinco por cento).

    • A Faculdade NOVOESTE  expedirá, ao final do curso, certificado de Pós-Graduação Lato Sensu, em nível de especialização, aos estudantes que concluírem a todos os critérios de aprovação estabelecidos no regulamento do curso.

  • Uma das áreas mais críticas no atendimento a população na rede pública e privada, é o atendimento as urgências e emergências e existe uma clara necessidade de formação de recursos humanos para o atendimento adequado a esta população.

    A inexistência de programas qualificados de pós-graduação em nosso meio demonstra uma carência das instituições formadoras nesta área. Além disso, as grades curriculares das escolas médicas carecem de programas específicos com ênfase na formação da área de urgência e emergência, e a pesquisa científica necessita de novos estudos e trabalhos científicos encarando a realidade do sistema de saúde local. 

    A Pós-Graduação em Urgência e Emergência visa qualificar os médicos atuantes no Sistema de Saúde para um atendimento qualificado, formar multiplicadores do conhecimento e desenvolver estudos na área de urgência e emergência da rede de saúde.

    OBJETIVOS

    - Capacitar o médico para o atendimento (conhecimento, habilidades e competências) as principais emergências e cuidados ao paciente grave;

    - Iniciar e estimular a produção científica em emergências clínicas e cirúrgicas no ambiente pré e intra hospitalar;
    Desenvolver uma visão crítica da emergência e dos cuidados ao paciente agudamente doente;

    - Formação de multiplicadores na área da assistência , gestão e ensino das emergências médicas.

    PÚBLICO-ALVO

    Médicos.

DEPOIMENTOS DE NOSSOS ESPECIALISTAS

APROVEITE AS VANTAGENS E COMECE A ESTUDAR AGORA!
Metodologia Alto Nível e Portal do Aluno
Metodologia diferenciada e acesso a materiais das aulas, notas e ferramentas através do sistema.
Corpo Docente Qualificado e Reconhecido no mercado.
Estude com os melhores coordenadores, professores e profissionais renomados nacionalmente.
Estude com a melhor Infraestrutura para o melhor rendimento
Salas de aula amplas, biblioteca, laboratório de informática, lanchonete e total acessibilidade, no centro de Campo Grande.
Veja preços e condições de investimento:

Cursos relacionados confira abaixo os outros cursos de pós-graduação

Erro ao enviar o e-mail
Email Enviado Com Sucesso!
Nós ligamos para você!
Erro ao enviar o e-mail
Email Enviado Com Sucesso!
Avise-me sobre lançamentos de cursos